Diário de alimentação: saiba porque vale a pena

DestaqueNotícias

Pode parecer maçador, ou até exagerado, mas anotar tudo o que escreve tem vários aspectos positivos para quem quer melhorar os seus hábitos alimentares ou precisa de fazer dieta.

e por questões de saúde precisa de manter uma dieta rígida – aconselhada apenas em casos de quem precisa de perder peso – estará, à partida, atento a tudo o que come ou deve comer. Mas quando o caso passa apenas por manter uma rotina alimentar mais equilibrada e melhorar os seus hábitos, a história é outra.

Passar a tomar um sumo verde a meio da manhã é algo bom – está a incluir mais frutas e vegetais na sua alimentação. Contudo, tal pode não ser suficiente para quem aposta quase todas as refeições em apenas proteína e hidratos de carbono, por isso, o primeiro aspecto positivo de ter um diário de alimentação é o de colocar em perspectiva aquilo que ingerimos durante todo o dia, conta o leaf.

As horas a que come, o número de vezes que come snacks, a composição de cada uma das suas refeições… tudo fica registado, permitindo uma visão geral dos seus hábitos que vem facilitar melhorias alimentares, não só a nível do que come mas também às suas rotinas já que ao manter um diário alimentar, vai perceber o que melhor funciona consigo (número de refeições, intervalo entre lanches, entre outros aspectos).

As respostas do seu corpo passam a ser também melhor interpretadas. Se passou toda a noite com dores de estômago, o ‘provavelmente foi algo que comeu ontem à noite’ deixa de ser uma ideia vaga, já que pode analisar ao certo aquilo que comeu e comparar com outros dias em que também sentiu dores. Tal funciona muito para se educar quando come fora: muitas vezes seguimos uma alimentação saudável em casa, mas quando vamos comer fora, as escolhas nem sempre são as melhores, refere o site.

O lado bom também deve ser analisado: quando se sente com bastante energia, tenha em conta aquilo que comeu, provavelmente são alimentos bem aceites pelo seu organismo e nos quais deve apostar.

Por fim, o seguir uma alimentação mais saudável torna-se fácil quando vemos ‘de fora’ aquilo que comemos. Torna-se mais fácil tomar decisões mais acertadas quando conhecemos os alimentos que funcionam melhor connosco e nos habituamos a ingerir uma maior variedade de alimentos ao longo do dia.

Fonte: noticiasaominuto