Exercício e alimentação não vivem um sem o outro

DestaqueDicas

A alimentação deve preparar o exercício físico e não reparar. Assim, deve comer sempre antes de fazer atividade física, independentemente do seu objectivo. Caso não o faça, irás tirar menos rendimento do teu treino, não terá energia e sentir-te-á demasiadamente cansado.

Alem do cansaço, é possível que se venhas a sentir maldisposto. Quando vai treinar tendo comido muitas horas antes, a sua glicose sanguínea (açúcar no sangue ) tende a descer muito, vai sentir-te tonto, com falta de força, começar a suar muito e sente-se a desmaiar. Tudo isto se resolve se comer algo antes do treino. Quanto mais intenso for o treino, mais probabilidade tens de te sentir mal.

É importante fazer lanches antes de treinar que lhe disponibilizem energia rápida, para que se sinta enérgico logo que inicie o treino, mas também deve comer alimentos que vão libertando energia lentamente para chegar ao fim do treino ainda cheio de energia.

Tem aqui algumas ideias de lanche antes de iniciar o treino:

– 1 fatia de pão escuro com fiambre de peru e uma peça de fruta

– 1 peça de fruta + 1 barra de cereais com frutos secos

– 1 batido proteico que contenha hidratos de carbono

– 1 iogurte com fruta + 2 colheres de aveia integral

 

Após o treino deve dar ao seu organismo aquilo que ele esteve a gastar, assim, assegura que no próximo treino tem o combustível adequado para poder treinar com energia.

Quando o objectivo é ganhar massa muscular, deve ingerir alimentos proteicos depois do treino. Se não precisar de perder massa gorda, pode ainda ingerir alguns hidratos de carbono, esse macronutriente facilitará a absorção das proteínas para construíres músculo.

Se o objectivo for perder massa gorda, deve ingerir da mesma forma um alimento proteico, isso vai ajudar a eliminar a massa gorda e vai manter-se saciado durante muito tempo.