A carne também importante

DestaqueDicas

As carnes são formadas principalmente de proteínas, gorduras e água, em proporção que varia dependendo do animal. A carne magra apresenta cerca de 75% de água, 21 a 22% de proteína, 1 a 2% de gordura, 1% de minerais e menos de 1% de hidratos de carbono. A quantidade de calorias (conteúdo energético) é relativamente pequena, em média de 105 kcal/100g de carne crua.

As carnes cozidas ou assadas perdem água durante a cozedura. Portanto, o teor de outros componentes aumenta. Uma comparação entre a composição de carne magra preparada com outros alimentos mostra que a carne é um alimento rico em proteínas. Por outro lado, é relativamente pobre em hidratos de carbono e em gordura.

Não há alimento completo em termos nutricionais. Por esse motivo, a dieta pode ser composta de alimentos pertencentes a vários grupos (carnes, leites e derivados, frutas, vegetais e cereais). Qualquer dieta mal prescrita, vegetariana ou omnívora, pode ser prejudicial à saúde, levando a deficiências nutricionais.

Em relação ao grupo das carnes, a carne bovina magra, a carne branca das aves (sem pele) e o lombo suíno são fontes importantes de proteínas. Por isso, devem fazer parte (mas não serem a única fonte nutricional) de uma dieta equilibrada. Os teores de colesterol e gordura destes três tipos de carnes são semelhantes.

Todo o tecido muscular é rico em proteínas, contendo aminoácidos essenciais, e na maioria dos casos, é uma boa fonte de zinco, vitamina B12, selénio, fósforo, vitamina B3, vitamina B6, ferro e vitamina B2. Apesar dos seus benefícios, a carne tende a ter níveis altos de gordura, especialmente na carne vermelha gorda. A gordura da carne, porém, pode variar de acordo com a espécie ou raça do animal, a forma como ele foi criado, incluindo como ele foi alimentado, a parte anatómica do seu corpo. A carne vermelha, porém, é uma fonte de aminoácidos essenciais indispensáveis ao desenvolvimento do ser humano.